2ª Trilha dos Amigos reuniu quadris e UTV’s pelo interior paulista

O Off-Road é excelente opção para quem quer fugir do stress do dia a dia dos grandes centros urbanos.
Fonte: Revista Moto Adventure

2ª Trilha dos Amigos Casarini / Crédito: Laertes torrenz

2ª Trilha dos Amigos Casarini / Crédito: Laertes torrenz

Geralmente esses passeios levam seus entusiastas por caminhos repletos de verde, riachos e belas paisagens. Outro benefício é a interação entre famílias, já que esta atividade é perfeita para ser realizada em grupo. Com isso em mente, o piloto e empresário Denísio “Deninho” Casarini organizou um belo passeio pela região de Votorantim e Mairinque, cidades do interior paulista.

Esse dia de aventura, batizado de Segunda Trilha dos Amigos – A primeira aconteceu no primeiro semestre desse ano – reuniu 56 pessoas a borde de 12 quadris, de marcas como Can-Am, Polaris, Honda e Yamaha, e 18 UTV’S Can-Am e Polaris. Os participantes responderam ao convite e seguiram rumo à Marina Belas Artes, um verdadeiro clube náutico com piscina, área verde e restaurante, às margens da represa Ituparanga, em Votorantim. Ali toda galera se reuniu e preparou suas maquinas para rumar as trilhas que cercam a região.

2ª Trilha dos Amigos Casarini / Crédito: Laertes Torrenz

2ª Trilha dos Amigos Casarini / Crédito: Laertes Torrenz

Antes da saída, o clima de confraternização já era ótimo, com a turma trocando ideias e falando de suas experiências a bordo desses divertidos veículos. Após esses momentos de descontração, era chegada a hora de ligar as máquinas e acelerar.

Deixando a Marina Belas Artes para trás, o grupo começou a curtir às margens da represa, o tour de 75 km por trilhas leves em meio a eucaliptos. Durante o passeio foram feitas várias pausas para hidratação a confraternização,  já que a turma de aventureiros era composta por famílias, muitas delas com crianças.

2ª Trilha dos Amigos Casarini / Crédito: Laertes Torrenz

2ª Trilha dos Amigos Casarini / Crédito: Laertes Torrenz

E, para melhorar a coisa toda, o retorno à Marina Belas Artes reserva mais surpresas. Assim, diferentes tipos de terreno tiveram que ser vencidos pelos pilotos, com direito a fortes erosões. Nessas horas, pilotos mais experientes orientavam os iniciantes para que tudo transcorresse com segurança. Afinal, o intuito ali era diversão e confraternização.

O Grupo pôde ainda descer pilotando por uma enorme rocha que passa bem ao lado da Represa do Cubatão, no alto da Serra do São Francisco, em Votorantim. Assim, após cinco horas de pura adrenalina, belezas e diversão, todos retornaram para a marina, onde um delicioso almoço os aguardava em um belíssimo deck.

O passeio foi então finalizado com chave de outo. “Não tivemos nenhum tipo de incidente, todos se divertiram e puderam usufruir ao máximo o prazer que quadris e UTV’s proporcionam. E o melhor, ao lado de seus familiares e amigos”, finaliza Deninho Casarini.