1ª Copa UTV Dopamina faz história com desafio de 6 horas no interior paulista

Os UTVs formam a categoria mais democrática do off-road. Conquistaram os pilotos de moto por trazer vento no rosto e aquele contato indescritível com o ambiente da corrida, além de mais segurança. E viraram febre entre os fãs de carro não só pelas quatro rodas, mas pela pilotagem divertida e possibilidades de preparação.
Fonte: Revista Dirt Action

Largada da 1ª Copa Dopamina UTV

Largada da 1ª Copa Dopamina UTV. Foto: Sergio Ruiz

A história dos UTVs nas competições do Brasil começou em 2012, quando foram introduzidos nos campeonatos nacionais de rali cross country e baja. Quatro anos depois, a categoria escreve novo capítulo ao avançar para as pistas fechadas de terra. A 1ª Copa UTV Dopamina foi um marco e estreou em grande estilo no calendário nacional, com seis horas de disputas ininterruptas no autódromo Valdemar Fragnani, em Cordeirópolis (SP), no dia 23 de outubro.

A ideia de realizar um torneio para UTVs no formato Endurance surgiu em um papo entre Reinaldo Varela, que possui três títulos mundiais de rali cross country nos carros, e Deninho Casarini, campeão brasileiro de rali baja 2016, na classe UTV Pró. “A ideia foi agregar os pilotos da nossa e das outras categorias para o desenvolvimento dos UTVs, que cada vez ganha mais adeptos”, contou Casarini.

Em clima de confraternização, o evento teve patrocínio da Dopamina Mindful Drink e apoio das principais fabricantes de UTVs, a Polaris e a Can-Am, por meio da concessionária Casarini/BRP. O grid reuniu 20 veículos e pilotos renomados do off-road, os quais se revezaram na pista em duplas ou trios. Após um verdadeiro teste de resistência para homens e máquinas, com direito a ultrapassagens eletrizantes e rodas saindo do chão, a dupla de Reinaldo Varela e seu filho Gabriel foi o grande destaque.

Eles venceram a categoria UTV Turbo, a bordo do Can-Am Maverick Turbo, e ainda levaram o troféu Fita Azul, para o veículo mais rápido da prova. “Andamos em sintonia, como um ‘relógio’, dentro das estratégias de abastecimento e de revezamento que traçamos. O evento superou todas as expectativas e foi um verdadeiro sucesso, ainda melhor do que podíamos imaginar”, analisou Reinaldo.

Na classe UTV Aspirado, André Hort e Otávio Hort Filho foram os vencedores com o Polaris RZR. O torneio ainda teve a Over 50, na qual Denisio Casarini e Paulo “Loco” Figueiredo (Polaris RZR Turbo) conquistaram o título. “A categoria dos UTVs mostrou a sua força. O balanço foi muito positivo e vamos realizar outra corrida em breve, no início de 2017”, anunciou Paulino Alvarez, o “Kilha”, da Anema, responsável pela organização.

EXEMPLO DE SUPERAÇÃO – Quem viu Daniel Piccolomini, 34 anos, pilotando na Copa UTV Dopamina, nunca poderia imaginar que ele também precisa de rodas para se locomover. Cadeirante desde 1999, quando sofreu uma queda grave treinando motocross em Serra Negra (SP), o paulista retornou às competições com um UTV Can-Am Maverick Turbo adaptado.

“Tive dois pulmões perfurados e sete costelas quebradas, além de fratura na coluna. Foram 37 dias de UTI, posso dizer que nasci de novo. Estou muito feliz em retornar às provas e sinto bastante segurança no UTV, que na Copa Dopamina teve os pedais para o meu parceiro e as alavancas
adaptadas na mão, similares aos comandos dos carros de passeio adaptados”,
explicou Piccolomini.

Ele e Ingrem Polycarpo conquistaram o 3º lugar na classe UTV Turbo. Pelo visto, o pódio da Copa UTV Dopamina 2017 vai precisar novamente de rampa.

TROFÉU FITA AZUL (MAIS RÁPIDO DA PROVA)
1. Gabriel Varela / Reinaldo Varela (Can-Am Maverick Turbo)

CATEGORIA UTV TURBO
1. Gabriel Varela / Reinaldo Varela (Can-Am Maverick Turbo)
2. Nuno Fojo / Rodrigo Cordaro / Renato Meimberg (Polaris RZR Turbo)
3. Daniel Piccolomini / Ingrem Polycarpo (Can-Am Maverick Turbo)
4. Deninho Casarini /Felipe T. Casarini / Pedro Queirolo (Can-Am Maverick Turbo)
5. Cristiano Batista / Otávio Souza (Polaris RZR Turbo)
6. Bruno Varela / Gustavo Xavier “Tatá” (Polaris RZR Turbo)
7. Rodrigo Varela / Marcos Baumgart (Can-Am Maverick Turbo)
8. Dimas Pimenta III / Rodrigo Dimas (Can-Am Maverick Turbo)
9. Osman Didi / Guilherme Costa (Polaris RZR Turbo)
10. Lucas Barroso / Riamburgo Ximenez (Can-Am Maverick Turbo)

CATEGORIA UTV ASPIRADO
1. André Hort / Otávio Hort Filho (Polaris RZR)
2. Glberto Mayorga / Ricardo Mayorga (Can-Am Maverick)
3. Marcelo Mistrorigo / Marcelo Rigoni (Can-Am Maverick)
4. Edson Nole / Erick Donatto (Polaris RZR)
5. Nelson Morata / Frederico Macedo (Can-Am Maverick)
6. Tomas di Mase / Guilherme di Mase (Polaris RZR)
7. Roberto Sampaio / Carlos Miche (Can-Am Maverick)

CATEGORIA OVER 50
1. Denisio Casarini / Paulo Figueiredo (Polaris RZR Turbo)
2. Reinaldo Cangueiro / José Luiz Camata (Can-Am Maverick)
3. Wilson Machado / Celso Machado (Can-Am Maverick Turbo)